Sala de Debates

E você, o que pensa sobre o tema de iCandomblé? Já viveu alguma experiência parecida? Tem algum coisa a dizer sobre o filme? Então escreva uma mensagem logo abaixo. Nos reservamos apenas o direito de não publicar mensagens inapropriadas, por exemplo, com teor ofensivo ou preconceituoso.

  • João Velho disse:

    A todos os de bem, que querem se manifestar e trocar idéias sobre o tema do filme, reforço o convite a participar deixando sua mensagem. Abs

  • ABORU, ABOYE.
    MO JUBA.

    PARABÉNS PELA INICIATIVA E QUE OUTROS SEMELHANTES VENHAM.
    NITORÍ ENÍ OJÓ OLÓÒRUN NDÁ ÈSÙ ELÉGBÁRA FÚN ÒUN JÍNKÍ ÌYÈ ÀTI ÌPÈLÉJÓ OHUN TÍ A DÁWÓLÉ ÀWON OKÒNRIN. KÍ A SE!
    (PORQUE UM DIA DEUS CRIOU ÈSÙ O SR. DA FORÇA PARA QUE ELE DÊ VIDA E MOVIMENTO AS EMPREITADAS DO HOMEM. QUE ASSIM SEJA !)

    IRE O !!!

  • adoro essa não verdade absoluta ,porque toda verdade absoluta é perigosa

    • João Velho disse:

      Como diz o Muniz, a verdade absoluta é perigosa justamente porque é violenta. Vejo muito esse conceito de verdade não-absoluta nos odus de Ifá. É o que lhes dá dinâmica. Sei que muitos babalaôs e olorixás, infelizmente, tentam subverter esse quase fundamento, reduzindo a interpretação das vozes do oráculo e outros ensinamentos a meros vaticínios amedrontadores para se empoderar diante dos iniciados e pessoas que vêm lhes consultar. Isso vêm diminuindo a beleza, profundidade e modernidade da religião dos orixás. A forma como os odus nos são trazidos e ensinados pela tradição cubana, em grande parte, tem a ver com isso. Sempre tento driblar e encontrar brechas para isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *